Thu. Apr 18th, 2024

Quantos dos e-mails que você recebe diariamente são desprezados?

Se você é como a maioria das pessoas, é provável que você não dê atenção para mais da metade das mensagens que chegam na sua caixa de entrada. Jornalistas, assim como você pode imaginar, enfrentam o mesmo problema. Se eles lessem e respondessem a cada e-mail que recebem, não teriam tempo suficiente para escrever.

A fim de chamar a atenção de um jornalista para o seu lançamento, é necessário se destacar. A estratégia de divulgação impessoal pode ter sido eficaz no passado, mas atualmente, garantir a cobertura de eventos exige uma abordagem mais planejada.

É nesse momento que sua estratégia de relações com a mídia se torna relevante. Existe uma habilidade em estabelecer relacionamentos de sucesso e benéficos com jornalistas e meios de comunicação. Isso envolve manter seus esforços persuasivos, criativos e pessoais. Não é necessário ter muitos contatos ou acesso a um banco de dados sofisticado para conseguir isso. Basta dedicar mais tempo às redes sociais.

As redes sociais têm a capacidade de maximizar os seus esforços de comunicação com a mídia e tornar a sua marca impossível de ser negligenciada. Continue lendo para saber como as redes sociais estão revolucionando as relações com a mídia e para receber sugestões sobre como incorporá-las à sua estratégia.

Quais são as definições de relações de mídia?

As relações com a mídia envolvem habilidades de estabelecer e manter vínculos com jornalistas e meios de comunicação. Essas conexões desempenham um papel crucial na transmissão da mensagem de uma marca para o público-alvo desejado. Ao garantir que essas relações sejam saudáveis e proveitosas para ambas as partes, as chances de ter destaque nas caixas de entrada e mensagens diretas são maiores.

Com o objetivo de estabelecer uma estratégia de relações de mídia que beneficie ambas as partes, busca-se simplificar a vida dos repórteres. Evitar qualquer abordagem excessivamente auto-promocional e concentrar-se em criar propostas interessantes e culturalmente relevantes. À medida que você desenvolve relacionamentos com os repórteres, será capaz de aprimorar sua estratégia de divulgação para obter resultados mais positivos.

Por que é importante incluir as mídias sociais na sua estratégia de relações com a mídia?

As redes sociais se tornaram um aspecto essencial do cotidiano das pessoas. É nelas que elas buscam informações, se divertem ou compartilham seus pensamentos.

Em termos mais simples, o social é o local onde ocorre a cultura.

Apenas possuir uma empresa especializada em relações públicas não garante visibilidade natural!

• Realizar ações que nenhuma outra marca ainda está executando.

Se algo não tiver importância para a cultura, ninguém se preocupa com isso.

“Tweetado em 26 de outubro de 2021 por Nik Sharma (@mrsharma).”

Também é o ingrediente secreto que pode elevar sua estratégia de relações de mídia de boa para excelente. Em um ambiente de notícias que funciona 24 horas por dia, as histórias têm uma duração cada vez mais curta. As redes sociais podem auxiliá-lo a manter seus lançamentos relevantes e atualizados. Além disso, podem ajudá-lo a estabelecer e manter relações pessoais mais próximas com os jornalistas. As possibilidades são ilimitadas.

Três situações ilustrativas de interações com as redes sociais.

Após discutirmos alguns conceitos fundamentais, vamos analisar como três empresas usaram as plataformas de mídias sociais para aprimorar suas estratégias de relações públicas já estabelecidas.

1. Mensagens publicadas no Twitter pelo NAACP.

Embora tenha sido estabelecido em 1909, o NAACP adota uma abordagem contemporânea em relação às relações de mídia.

Após enfrentar os desafios da pandemia e do racismo, a equipe percebeu que as estratégias tradicionais de mídias sociais e relações públicas não estavam mais dando resultados. Vanessa Mbonu, vice-presidente de Marketing Digital e Comunicações da NAACP, denomina essa nova abordagem como “relações de mídia social”.

Leia Mais:   Formas de elevar o número de conversões nas redes sociais.

Essa estratégia conjunta auxilia a equipe de comunicações da NAACP a aumentar a visibilidade de sua mensagem para um público amplo. A mídia social permite que os líderes da organização ajam de forma ágil e corajosa, criando mensagens que se destacam perante jornalistas e apoiadores.

Embora Derek Chauvin tenha sido preso pela morte de George Floyd, isso não trará de volta o pai de Gianna.

Não iremos parar até que todos os membros da nossa comunidade tenham o direito de respirar. #JulgamentoDerekChauvin

“Derrick Johnson, no dia 20 de abril de 2021, postou em sua conta no Twitter.”

Mbuno afirma que, assim como eu e minha equipe, os repórteres passam uma grande quantidade de tempo conectados à internet. Nesse sentido, é importante encontrá-los onde eles estão. Em vez de um repórter precisar perguntar qual é a declaração oficial do NAACP ou depender deles para verificar sua caixa de entrada cheia, é no Twitter que eles precisam estar.

O lançamento inicial de ações (IPO) do Duolingo

Atualmente, é provável que você esteja familiarizado com a estratégia impressionante do TikTok do Duolingo. Seu conteúdo de vídeo engraçado e curto tem causado um grande impacto na visibilidade da marca da empresa, mas eles não estão apenas usando essa rede para gerar interesse.

Por exemplo, considere o recente lançamento de ações da Duolingo. Na plataforma do Twitter, a empresa organizou um evento de um dia inteiro, com vídeos personalizados, animações e uma hashtag específica para o evento.

A empresa Duolingo agora é uma empresa de capital aberto, com as suas ações listadas como $DUOL na bolsa de valores Nasdaq.

Nós somos uma organização comprometida com a missão de garantir que todos tenham acesso à educação de qualidade, e sempre estaremos trabalhando nesse sentido.

Descubra mais sobre o significado do nosso #DUOLINGO lendo aqui: https://t.co/gIrbpbsa5R pic.twitter.com/HEkFdykm3T

No dia 30 de julho de 2021, a conta oficial do Duolingo no Twitter postou o seguinte texto:

Essa abundância contínua de informações proporcionou aos repórteres várias abordagens que poderiam ser utilizadas para abordar o IPO, desde a visão geral da empresa até as opiniões do fundador sobre a lógica por trás da decisão de abrir o capital. A equipe conseguiu transformar um simples comunicado em algo mais cativante e cuidadosamente preparado para a mídia.

3. Declaração da Patagônia sobre sufrágio.

A Patagônia é conhecida por ser proativa em suas ações. Sua dedicação à inovação com base em valores os impulsiona a ir além em termos de responsabilidade social corporativa. Seja buscando reduzir os impactos ambientais ou pressionando os políticos por mudanças sistêmicas em prol da igualdade, eles estão acostumados a se expressar e defender suas causas.

Recentemente, a empresa divulgou uma mensagem do seu CEO no Twitter, na qual ele faz um apelo aos senadores para a aprovação da Lei de Liberdade de Votação. Os propósitos da conta, que defende a igualdade de acesso às urnas, e sua importância para a marca são claramente explicados em uma imagem da declaração completa do CEO.

Reformulação: “É fundamental eleger líderes que compartilhem nosso senso de urgência para construir comunidades e garantir o futuro do nosso planeta. Para isso, é necessário que todos os eleitores elegíveis tenham igual acesso ao voto.”

Leia Mais:   O impacto do marketing é influenciado pela popularidade dos vídeos curtos e do conteúdo gerado pelos usuários.

Solicitamos ao Senado que aprove o #JohnLewisVRAA e #FreedomtoVoteAct. Clique no link para mais informações.

– A conta do Twitter da Patagônia (@patagonia) postou em 12 de janeiro de 2022.

A Patagônia tem uma grande base de seguidores no Twitter, com mais de 550.000 pessoas. Ao compartilhar suas declarações diretamente em suas redes sociais, eles oferecem à sua audiência a oportunidade de ouvir diretamente da marca, em vez de receber apenas informações curtas.

Quatro maneiras de melhorar a sua estratégia de relacionamento com a mídia utilizando as redes sociais.

Melhore seus laços com profissionais da imprensa.

Construir um vínculo com um contato de mídia é semelhante a estabelecer uma amizade com alguém novo. Se estivéssemos interessados em fazer um novo amigo, não o procuraríamos apenas quando precisássemos de algo, concorda?

Aplique o mesmo raciocínio às possíveis conexões de mídia. Dedique um tempo para conhecer o público-alvo de suas divulgações. Leia suas publicações, saiba quais assuntos eles gostam de escrever e interaja regularmente com seu conteúdo.

As redes sociais desempenham um papel importante na criação gradual e autêntica de relacionamentos ao longo do tempo, sem se concentrar excessivamente em vendas ou ser insincero. Os jornalistas utilizam as redes sociais para estabelecer conexões com fontes e promover seu trabalho. Isso proporciona uma oportunidade valiosa para entender o que chama sua atenção e aprender com essas experiências.

Inicie no Twitter. A plataforma é essencial para pesquisa e divulgação para muitos profissionais de jornalismo, então é um excelente lugar para focar seus esforços. Aqui estão algumas atividades que você pode incluir em sua rotina diária para começar a desenvolver sua lista de contatos na mídia:

  • Aproveite as listas do Twitter: As listas do Twitter possibilitam a organização e priorização dos Tweets que aparecem na sua linha do tempo. Crie uma lista de contatos de mídia importantes para acompanhar facilmente suas postagens e interagir com elas.
  • Participe do conteúdo: Com o limite de caracteres do Twitter, você não precisa se preocupar em escrever respostas longas ao seu trabalho. Basta um simples elogio ou um comentário sobre algo que chamou sua atenção. E se retuitar, melhor ainda para conseguir mais visibilidade.
  • Dar assistência: Os jornalistas frequentemente fazem uso do Twitter para sugerir usuários a fontes ou informações extras. Aproveite essa oportunidade para oferecer sugestões ou conectar esses usuários com alguém que possa prestar assistência.

2. Avalie as possíveis formas de comunicação disponíveis.

Não todas as formas de mídia têm a mesma qualidade. Algumas publicações possuem seguidores mais numerosos e alinhados com seu público-alvo. Para determinar se uma forma de mídia é adequada para sua marca, é necessário realizar pesquisas.

Você pode analisar quais assuntos eles abordam e com qual frequência, ou pode tentar obter informações sobre a quantidade de exemplares que circulam. No entanto, se você deseja um processo de relações com a mídia com mais informações, é recomendado focar nas mídias sociais.

Utilizar uma plataforma de escuta social, como o Sprout, facilita a coleta de dados sobre o público e o sentimento das pessoas. Basta criar um tópico de escuta na ferramenta e, a partir daí, é possível acompanhar todas as conversas sociais relacionadas à sua marca. Isso inclui desde assuntos de grande relevância até informações demográficas detalhadas, como idade, gênero e localização dos usuários.

Imagem: astrovariable/Burst

3. Reconhecer e comprovar ideias inovadoras de inclinação.

Encontrar uma abordagem interessante é a parte mais desafiadora ao lidar com relações de mídia. É preciso captar a atenção em poucas linhas. Além disso, encontrar uma história que também promova sua marca pode ser complicado.

É provável que você já esteja procurando diariamente atualizações de notícias que possam se alinhar com a sua marca, mas você está acompanhando as redes sociais? Diariamente, surgem inúmeras histórias e tendências nas mídias sociais. Se você não está atento ao seu feed de notícias, está perdendo oportunidades.

Leia Mais:   A meta possibilita aos usuários da Europa a separação de suas contas do Facebook e do Instagram.

Acompanhe influenciadores na sua área de atuação por meio de plataformas para ficar por dentro das discussões em andamento. Assim que identificar uma abordagem promissora, utilize dados sociais para avaliar se vale a pena seguir em frente.

Imagem: stephmcblack/StockVault

Pense na escuta social como um recurso essencial para validar ideias, seja para abordagens ou perspectivas potenciais. Nesse sentido, é possível configurar um tópico de escuta para avaliar o nível de conversação e identificar pessoas influentes que estejam ativamente postando sobre o assunto. Se houver um grande número de interações, leve isso em consideração em seu trabalho. Dessa forma, os meios de comunicação podem perceber o potencial de impacto social ao abordar o tópico.

4. Divulgar notas de imprensa para um público maior.

Os comunicados de imprensa não são mais exclusivos para os meios de comunicação tradicionais. Transformá-los para o ambiente social é uma ótima forma de expressar sua criatividade. Um exemplo inspirador é o caso da empresa DocuSign.

A DocuSign foi reconhecida como um dos principais locais de trabalho em 2022 pelo Glassdoor. Em um comunicado à imprensa, eles compartilharam informações sobre o prêmio, o feedback dos funcionários e as oportunidades de carreira. Embora seja uma declaração formal adequada para a imprensa, seria muito densa para gerar engajamento nas redes sociais.

Grandes novidades: Devido à dedicação de nossos colaboradores, a #DocuSign conquistou a 14ª posição no ranking anual da @Glassdoor como uma das melhores empresas de tecnologia para se trabalhar. E temos mais boas notícias: estamos com vagas abertas, então venha fazer parte da nossa equipe e desempenhar o trabalho dos seus sonhos. http://t.co/AcXa2d5eGE #GlassdoorBPTW pic.twitter.com/EKBKRTVruf

No dia 12 de janeiro de 2022, a conta oficial do DocuSign no Twitter publicou o seguinte: “12 de janeiro de 2022”.

A equipe do DocuSign aproveitou essa chance para adicionar um pouco de personalidade ao lançamento. Ao compartilhar um link para o lançamento junto com um vídeo e uma mensagem mais enérgica, eles conseguiram promover o sucesso de uma forma que gera ainda mais interesse.

Quando estiver desenvolvendo um lançamento no futuro, trabalhe em conjunto com seus colegas nas redes sociais para explorar maneiras de reutilizá-lo. Aqui estão os pontos principais a serem levados em consideração:

  • O público: A mensagem pode ser mais apropriada para diferentes redes sociais, de acordo com o público que se deseja atingir. Por exemplo, informações sobre a cultura organizacional da empresa podem ser mais adequadas para o LinkedIn.
  • O canal social é ideal para se divertir com sua mensagem, mas é importante ter cautela ao compartilhar notícias sobre assuntos sérios, como declarações políticas ou eventos atuais.
  • A mensagem reescrita: Caso possua qualquer gravação de áudio adicional, imagens ou clipes de vídeo que não tenham sido inseridos na sua apresentação de mídia ou comunicado à imprensa, é possível aproveitá-los nas redes sociais.

Estamos vivenciando o início das relações de mídia social.

Se o trabalho permanecesse inalterado, seria muito menos cativante. Ao incluir as mídias sociais em sua estratégia de relações públicas, é possível rejuvenescer sua abordagem e obter exposição midiática mais significativa e impactante para sua marca.

Se você está começando a explorar o fascinante mundo dos dados sociais, não precisa se preocupar – o processo de aprendizado não é muito difícil. Utilize este guia de escuta social para obter um conhecimento rápido sobre como desenvolver estratégias relacionadas a questões e objetivos específicos. Ele o auxiliará a compreender quais tipos de perguntas podem ser respondidas por meio dos dados sociais, de forma a melhor compreender quais informações podem apoiar o seu trabalho.